(37) 3215-7105 / (37) 99957-2120

INVESTIR EM UM BEBEDOURO GERA ECONOMIA PARA A EMPRESA?

Em locais onde há grande circulação de pessoas, como em escolas, é preciso sempre ter à disposição água fresquinha e filtrada e, para que isso aconteça, é necessário um bebedouro adequado. Mas com tantas marcas e modelos, pode ficar um pouco difícil na hora de fazer a escolha, sendo preciso analisar bem cada uma das opções e os benefícios que podem proporcionar. Se quer ter uma ajudinha na hora de tomar essa decisão tão importante, confira 6 razões pelas quais investir em bebedouro pode gerar economia para uma empresa:

Bebedouros de jato de água são uma boa opção

Escolher bebedouros que funcionam por jato de água é sempre uma boa opção, porque eles podem contribuir com a diminuição do consumo de copo descartável, uma vez que dispensam a utilização dele, gerando uma grande economia no final do mês. Além disso, acabam contribuindo com o meio ambiente por não haver descarte do material, mesmo que ele seja reciclável.

O bebedouro evita doenças

A água filtrada evita que possamos ingerir uma água contaminada, porque o filtro é capaz de reter as impurezas, evitando, consequentemente, doenças diversas. É claro que, para esse processo funcionar bem, deve-se realizar a manutenção constante com a troca de filtro, de acordo com as orientações do fabricante. Mas, ao fazer isso, é possível evitar problemas, como diarréias, vômitos e outros, fazendo com que os funcionários não faltem ao trabalho por esse motivo.

Galões de água devem ser consumidos em até 3 dias

Muita gente acha que a água mineral é melhor e, por isso, acaba optando pelo filtro com galão. Porém, a água da rede geral de distribuição hoje vem acrescida com cloro e outras substâncias que ajudam na saúde. Além disso, o galão, após aberto, deve ser consumido em até três dias para que não haja proliferação de bactérias e o seu custo é mais elevado. Isso sem falar da necessidade de ter um profissional para fazer a higienização e a troca de galão sempre que ele acabar.

Modelos que consomem pouca energia

Para manter a água sempre gelada, é preciso que o bebedouro esteja ligado na energia elétrica. No entanto, quando o equipamento não é muito adequado, o consumo pode ser bastante elevado. A melhor forma de optar por um que seja econômico é verificando o selo do Inmetro. Nele, é possível ver a eficiência energética e assim escolher o que consome menos, podendo, assim, ter um bebedouro que gaste pouca energia.

Sempre tem um modelo ideal para o seu fluxo de pessoas

Não adianta optar por um bebedouro que consegue gelar dois litros de água a cada 10 minutos se o consumo é maior, pois isso fará com que ele fique sobrecarregado e consuma mais energia, sem dar conta do recado. A melhor maneira é conversar com o vendedor e explicar as suas necessidades, por isso é sempre bom fazer esse levantamento com antecedência.

Qual fabricante escolher

Ao escolher a marca, é preciso pensar na facilidade de acesso à manutenção e peças de reposição, porque não adianta pagar pouco por um bebedouro se o custo de manutenção será elevadíssimo por falta de peças. Veja quais são encontradas mais facilmente e compare com a qualidade oferecida para ver se vale a pena. Se você ainda tem alguma dúvida sobre o uso do bebedouro em sua empresa, entre em contato que podemos te ajudar!